domingo, 29 de setembro de 2013

Pitágoras


"Educai as crianças e não será preciso punir os homens".
Pitágoras



Pitágoras de Samos (580/572-500 a.C) Filosófo e matemático grego. Pouco se sabe sobre sua história, mas teria nascido em Samos e era casado com a física Thamos com a qual teve duas filhas. Foi fundador da Escola Pitagórica, cujo o símbolo era o pentagrama. A essência de tudo seriam os números. Sua contribuição mais importante foi o Teorema de Pitágoras: Em todo triângulo retângulo, a soma dos quadrados dos catetos é igual ao quadrado da hipotenusa. A Escola acreditava ser a terra esférica e na rotação da terra para explicar a sucessão de dias e noites. eve influência científica e filosófica dos filósofos gregos Tales de Mileto, Anaximandro e Anaxímenes.

Enquanto visitava o
Egito, impressionado com as pirâmides, desenvolveu o famoso Teorema de Pitágoras. De acordo com este teorema é possível calcular o lado de um triângulo retângulo, conhecendo os outros dois. Desta forma, ele conseguiu provar que a soma dos quadrados dos catetos é igual ao quadrado da hipotenusa.

Atribui-se também a ele o desenvolvimento da tábua de multiplicação, o sistema decimal e as proporções aritméticas. Sua influência nos estudos futuros da
matemática foram enormes, pois foi um dos grandes construtores da base dos conhecimentos matemáticos, geométricos e filosóficos que temos atualmente




Giovanni dal Ponte (1307-1365) The Seven Liberal Arts with Pythagoras, 1345. Rijksmuseum, Amsterdã.



Giorgione (1477-1510) Three Philosophers Phytagoras, Thales and Pherekydes,1508-1509. Kunsthistoriches Museum.


Rafael (1483-1520) School of Athenas Pythagoras, 1510-1511. Afresco. Apostolico Palace, Vaticano.


José Ribera (1591-1652) Pitágoras, 1630. Pintor espanhol. No livro está escrioto scientia numerorum. Museo de Bellas Artes de Valência.


Salvador Rosa (1615-1673) Itália Pythagoras Emerging from the Underworld, 1662. Kimbell Art Museum.




Antonio Zucchi (1726-1795) Itália. A Greek Philosopher and his Disciples Pythagoras, 1767. Royal Collection, Londres.





Christo Coetzer (1929-2000) África do Sul. Pythagoras, 1979. Coleção particular.






Monumento a Pitágoras foi construído sobre as ruínas da cidade de Samos em homenagem ao seu ilustre filho.Ilha de Samos, Grécia.

domingo, 22 de setembro de 2013

Anthony van Dyck o retratista.





Antoon ou Anthony van Dick (1599-1641) Pintor flamengo. Aos 16 anos, van Dyck já tinha seu próprio ateliê, mas não podia vender suas obras por não ser mestre. Trabalhou com Brüghel, o jovem. Entrou para o círculo de Rubens, que o considerava seu melhor aluno. Foi admitido na Corporação de São Lucas. Foi para Gênova e nos oito anos na Itália fez enorme sucesso. Retornou a Antuérpia e sob o patrocínio de Charles I mudou-se para Londres, onde em nove anos mostrou toda sua maestria. Recebeu o título de cavalheiro. Além de retratos van Dyck pintou temas bíblicos e mitológicos. Self portrait, 1623.



.
Family Portrait, 1621. The Hermitage Museum, São Petesburgo.

Suzanna Foument and Her Daughter, 1621. National Gallery of Art, Washington,



Lucas van Uffel, 1621-1627. Metropolitan Museum of Arts, Nova York.




Portrait of Fellipo Cattaneo, 1623. National Gallery of Art, Washington.




Lady of Spencer Family, 1923-1928. Tate Gallery, Londres.





Count Enrique del Bergh, 1629-1632. Museu Nacional del Prado, Madrid.


Charles I in Three Positions, 1635. National Gallery of London.


Portrait Elena Grinaldi Cattaeno with a Black Page, 1635. Gênova. National Gallery of Washington.




Sir Endymion Porter and Anton van Dyck, 1935. Museu Nacional do Prado, Madrid.

The Five Eldest Children of Charles I, 1637. Her Majesty The Queen Colection

domingo, 8 de setembro de 2013

Hércules

Hércules filho de Zeus com a mortal Alcmena. O marido dela, Anfitrião estava na guerra dos sete chefes e Zeus stransformado em Anfitrião seduziu sua mulher. Assim nasceu o mortal Hércules. Seu pai querendo transformá-lo em imortal, fez que ele bebesse do peito de Hera durante seu sono. Hércules mamou com muita violência e o leite continuou correndo e ao cair na terra o leite se transformou na flor-de-lis. Hércules não se tornou imortal, mas recebeu a força de um deus. Hera tinha enorme ciúmes do bebe, para matá-lo colocu serpentes no berço de Hércules, esse pegou as cobras com as próprias mãos e as matou. Alguns anos depois, sua vingança teve êxito matou sua rival Alcmena com uma serpente. Hércules se casou com Mégara e com ela teve dois filhos, transtornado por um acesso de loucura causada por Hera, ele matou seus filhos e esposa. Culpado, foi a consultar o Oráculo, que disse para ele ser escravo de seu primo Eristeu por 12 anos, após os quais ele encontraria o perdão ,Eristeu era cúmplice de Hera e concebeu os 12 trabalhos muito perigosos, numa tentativa de matá-lo, mas ele conseguiu realizar os desafios. Hércules se apaixona por Lole e recebeu de Dejanira , como presente de núpcias, uma túnica toda ensanguentada, ele põe, mas ele começa a sentir fortes dores e a túnica estava grudada em seu corpo, penetrando cada vez mais em seu corpo,Hércules não aguenta mais a dor e se joga numa fogueira, mas não acontece nada, então Hércule da seu incrível arco e flechas para o jovem Filoctédes e a seu pedido, ele o mata.Hércules vai para o Olimpo onde seu pai o torna imortal. Abaixo os 12 trabalhos:
1 matar o leão de Neméia. A partir de então Hércules passou a usar a pele resistente do leão como armadura.
2 matar a Hidra de Lerna, uma serpente com sete cabeças venenosas. Hércules queimou todas as cabeças do animal, menos uma, que era imortal. Essa foi enterrada por baixo de uma pedra. Após matar a Hidra, Hércules mergulhou suas flechas no seu veneno, tornando-as venenosas.
3 a captura do javali de Erimanto.
4 capturar a corsa de Cerinéia, que tinha os cascos de bronze e os chifres de ouro.
5 expulsar as aves do lago Estinfale, na Arcádia.
6 limpar os estábulos do rei Augias, da Élida, em um só dia. Os estábulos não eram limpos por 30 anos, mas Hércules desviou o curso de dois rios para passarem por dentro deles e realizou o trabalho.
7 capturar o touro selvagem de Minos, rei dos cretenses.
8 capturar os cavalos devoradores de homens do rei Diomedes da Trácia. Hércules matou Diomedes e deu sua carne aos cavalos.
9 obter o cinto de Hipólita, rainha das Amazonas, as mulheres guerreiras.
10 buscar o gado do monstro Gerião, que vivia além das colunas de Hércules (Estreito de Gibraltar).
11 levar as maçãs de ouro do jardim das Hespérides para Euristeu.
12 capturar Cérbero, o cão de três cabeças que guardava os infernos, e mostrá-lo a Euristeu.


Hercules drunk with Omphale, 1-50 a.C. Afresco em Pompéia. Museo Archeologico Nazonalle de Napoli.


Autor desconhecido. The Youth Hercules, 69-96 AD. Metropolitan Museum of Art, Nova York.




Leonardo da Vinci (1452-1519) Studies for Hercules, 1506-1508. Metropolitan Museum of Art, Nova York.



Jan Mabusi (1478-1532) Hercules & Deanira, 1517.




Marco Marchetti (1527-1528) ou Marco de Faenza. Hercules Steels the Apples from the Hesperides, 1555-1556. Palazzo Vecchio Museum, Florença.






Francisco de Zúrbaran (1598-1664) Hercules and Cerberus, 1614. Museu do Prado, Madrid.





Peter Paul Rubens (1577-1640) Hercules Strangling the Nemean Lion, 1639. Fogg Art Museum.



Charles Le Brun (1619-1690) The Apotheosis of Hercules, 1650-1658. Museu do Louvre, Paris.




Benjamin West (1738-1810) The Choise of Hercules between Virtue and Pleasure, 1764. Victoria and Albert Museum, Londres.



Sir Joshua Reynolds (1723-1792) The Infant Hercukes Strangling Serpents in His Cradel, 1786-1788. Hermitage Museum, São Petersburgo.


Antônio Canova (1757-1821) Ercole e Lica, 1795. Galleria Nazionalle d'Arte Contemporaine, Roma.



Gustave Moreau (1826-1898) Hercules and the Lernaean Hydra, 1875-1876. The Art Institute of Chicago.




Emile Antoine Bourdelle (1861-1929) Hercules the Archer the Stymphalian Birds, 1909. Musée D'Orsay, Paris.


George Braque (1882-1963) Hercules, 1930. Litografia.




Salvador Dali (). Hercules Lifts the Skin of the Sea and Stops Venus for an Instant from Waking Love (1963)

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Giotto Um Inovador.


Giovanni Dupré (1817-1887) Giotto Galleria degli Uffizi, Florença.




Giotto di Bondone (1266-1337) Pintor e arquiteto italiano. Foi discípulo de Cimabue, que o descobriu aos 11 anos de idade. É considerado o introdutor da perspectiva na pintura. Promoveu a transição da arte medieval para o renascimento. Seus temas eram religiosos e uma das características de sua pintura é a representação dos santos com feições humanas. Sua obra máxima está na Capella degli Scrovegni em Pádua. Ainda jovem, Giotto pintou os monumentais 28 afrescos sobre a vida de São Francisco, na basílica de Assis.Aí foram observadas inovações como as faces dos santos com aspecto humano, a introdução de paisagem e animais na pintura religiosa, até então proibida. A paisagem como fundo permitiu algo como uma pintura tridimensional. Aqui a pintura encerra a era bizantina. Viajou por toda Itália em busca de fama e dinheiro, conseguiu ambos. Casou-se com uma camponesa e teve seis filhos. Giotto teria sido uma pessoa que manteve seus costumes do campo e de lá eram seus companheiros.Trabalhou em Roma e Florença, onde morreu.






  Crucifix,1290-1300. Santa Maria Novello. Florença.




The Stefaneschi Triptych,  1300. Pinacoteca Vaticana.




Pfingsten, 1300. National Gallery, Londres.


The Death of Saint Francis, 1300. Assis


Scenes from the Life of Joachim, 1303-1306. Afresco. Capella degli Scrovegni, Pádua




The Last Judgement, 1304-1305. Afresco Capella degli Scrovegni, Pádua





The Last Judgement, 1304-1305. Afresco. Detalhe. Capella degli Scrovegni, Pádua.











Madonna and Child, 1320-1330 National Gallery, Washington.




 Assisse Eglise Saint François.




 
 Capella degli Scrovegni, Pádua. Altar principal.